Comandante da 3° Companhia faz avaliação das festas juninas no Vale do Piancó



“Quem trabalha Deus ajuda”. Foi com esta frase que o Capitão Campos, comandante da 3° Companhia de Polícia Militar, sediada em Itaporanga, iniciou a sua análise sobre a segurança pública prestada durante os festejos juninos. O militar discorreu sobre o assunto em entrevista concedida a rádio Boa Nova, na sexta feira 3 de julho.

No São Pedro de Itaporanga foi utilizado um esquema de segurança que garantiu completa tranqüilidade a população. Um efetivo de aproximadamente 60 homens circulava em ronda na Avenida do Forró. Outras equipes de rádio patrulha rondavam a cidade e faziam abordagens a pessoas e veículos nas três saídas da Rainha do Vale. Ações semelhantes ocorreram em outros municípios como Piancó e Boa Ventura.

“A intenção da blitz foi evitar o roubo de carros e motos”, explicou o Capitão ao afirmar que os resultados alcançados superaram as expectativas.
Por outro lado, a iniciativa da Polícia Militar e parceria com a organização da festa em proibir o uso de garrafas e litros de vidro na Getúlio Vargas, local do evento, teve a aceitação do povo e foi motivo de elogios.

Visando prevenir os forrozeiros de possíveis acidentes com o material perfuro cortante ou mesmo que algum delinqüente pudesse usar o vidro para praticar delitos, a PM oferecia garrafas plásticas e recolhia os litros. Estes, foram entregues a catadores e encaminhados para reciclagem.

Diante os elogios, o comandante atribuiu o sucesso do trabalho da Polícia Militar a toda corporação e aproveitou para agradecer aos militares que se empenharam e prestaram um bom serviço aos habitantes do Vale do Piancó.

Gilmá Nascimento