Com surto de Covid, Fluminense descarta pedir adiamento de jogo contra Coritiba



Com ao menos nove jogadores infectados com Covid-19, o Fluminense descarta pedir o adiamento do jogo contra o Coritiba nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília), no Nilton Santos, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A diretoria vai respeitar definição do conselho técnico da CBF que determina que se um clube tiver um número mínimo de 13 atletas em condições de atuar deve ir a campo.

O Fluminense entende que a regra da competição definida entre os clubes impede qualquer tentativa do clube. No entendimento dos dirigentes, um possível adiamento da partida é da competência da justiça desportiva e da CBF.

Os resultados dos exames saíram neste sábado. É grande a lista de jogadores contaminados até o momento:

André
Calegari
Marcos Paulo
Martinelli
Miguel
Luan
Luccas Claro
Luiz Henrique
Nascimento

Rival do Fluminense, o Flamengo, que também sofre com surto de Covid-19, tentou o adiamento da partida contra o Palmeiras, mas teve o pedido negado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Porém, neste sábado, o Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro acatou o pedido do Sindiclubes, o sindicato dos funcionários de clubes no estado, e determinou a suspensão do jogo.


Por Redação do ge — Rio de Janeiro