Esportes

Com lance polêmico e Courtois herói, Bélgica supera pressão do Canadá, vence na estreia e lidera grupo na Copa do Mundo

Equipe canadense desperdiçou cobrança de pênalti nos minutos iniciais com defesa de Courtois

ÓTICAS GUIMARÃES

Fechando o quarto dia de Copa do Mundo, a Bélgica encarou o Canadá pelo grupo F no Estádio Ahmad Bin Ali. Depois de suportar pressão, os belgas venceram por 1 a 0, com gol de Batshuayi.

O Canadá foi superior na maior parte do tempo. Tanto que, aos 8 minutos, um pênalti foi assinalado depois de toque na mão de Carrasco. Mas, Davies foi para a bola, e Courtois defendeu.

A pressão sem gol marcado acabou sendo punida no final da primeira etapa. Aos 43, Alderweireld fez longo lançamento, a bola chegou em Batshuayi, que chutou forte para balançar as redes.

No segundo tempo, a pressão canadense seguiu, tendo mais volume de jogo e, inclusive, obrigando Courtois a fazer bela defesa.

Situação do campeonato

Com o resultado, a Bélgica passa a liderar o grupo de forma isolada. Croácia e Marrocos vem logo atrás, empatadas com um ponto, e o Canadá em último.

Quem não faz…

São muitos os ditados que podem resumir o que foi a primeira etapa da partida. Ao todo, foram 14 chutes a 4 para os canadenses, além de uma penalidade perdida. Não adianta, na grande chance belga, gol…

Erro grotesco de arbitragem

Aos 12 minutos da primeira etapa, Eden Hazard se enrolou e acabou tocando para trás, na direção de um jogador do Canadá. Tajon Buchanan recebeu na entrada da pequena área e foi derrubado.

Só que o assistente assinalou impedimento de forma totalmente equivocada. Erro gigantesco da arbitragem no campo e do VAR, que sequer chamou o apitador ao monitor para revisar a jogada.

A bola vem do jogador da Bélgica, não há infração de impedimento e na sequência o atacante sofreu um pisão no pé, isso é pênalti e o VAR sequer sugeriu revisão. Arsenio Maringule era o bandeirinha responsável pela jogada.

Recorde no Canadá

Capitão canadense, com 39 anos e e 9 meses, Atiba Hutchinson bateu um recorde ao entrar em campo. Ele é, agora, o jogador de linha mais velho a jogar uma partida de Copa. Somando goleiros, o egípcio El Hadary detém o recorde, com 45 anos e 5 meses.

Fonte: ESPN


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo