Com espaços deixados por lideranças tradicionais, novos nomes ensaiam primeiros passos aqui em Patos



A situação política da Paraíba e da cidade de Patos, onde lideranças tradicionais parecem começar a desmoronar, novos nomes ensaiam rumos mais altos.

No estado com a situação política do ex-governador, Ricardo Coutinho (PSB), se complicando a cada dia, não se sabe ao certo quais lideranças irão ocupar o espaço deixado pelo socialista.

Na cidade de Patos, lideranças tradicionais, com Dinaldo Wanderley, Nabor Wanderley, Francisca Motta, dentre outros, já dão também sinais de desgastes. Com isso lacunas vão surgindo, e alguns já pensam em ocupar aos poucos esses espaços.           

 O vereador Toinho Nascimento (PSDB), já admite disputar cargo de prefeito de Patos. “Posso ser. Eu sou livre e posso me candidatar”, disse o parlamentar quando indagado pelo colega Ferré Maxixe (DEM).

A ex-secretária, e atual vereadora e ferrenha adversária de Ivanes, Edjane Araújo, também não esconde de ninguém que sonha com uma chance para disputar a Prefeitura de Patos.

Correm por fora nomes já conhecidos, como professor Jacob Souto (Rede), Érico Djan (Cidadania), dentre outros.

Nesse embalo, outros poderão também colocar seus blocos na rua, e poderão tentar se firmar como lideranças locais.   

Patosonline.com

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com