• Dra Milena
Notícias do internauta

COM 6 VOTOS A FAVOR E APENAS 1 CONTRA DO PRESIDENTE DA CÂMARA, MÉDICO QUE NEGOU ATENDIMENTO A SÃO-MAMEDENSE RECEBE VOTOS DE REPUDIO DE VEREADORES DE SÃO MAMEDE

ÓTICAS GUIMARÃES

\"Com 6 votos a favor e 1 contra, médico que negou atendimento a São-Mamedense no último domingo no hospital regional de Patos recebe votos de repudio de vereadores de São Mamede\"

 

Com seis votos a favor de ( Luiz Carlos (DEM), Paulo Freire (PT), Neoclecio Batista (DEM), José Mazzarope (DEM), Dodô (DEM) e Vei da Muda (PT)) e o único voto contra foi do Presidente da Câmara de Vereadores de São Mamede o vereador  Francisco do Hospital (PSDB), a Câmara de Vereadores da Cidade de São Mamede PB, aprovou durante a sessão plenária desta Terça-feira (17), voto de repúdio ao médico Wostenildo Crispim que Domingo, dia 15, enquanto os familiares do São Mamedense Paulo Cesar se revoltava com a ausência do médico plantonista que passou mais de uma hora sem atendimento médico. 

O responsável pelo plantão não apareceu para tratar da vítima, uns diziam que ele estava no almoço, outros que ele estava no bloco cirúrgico, alguns diziam que o médico estava vindo e enquanto isso o paciente tendo seu estado de saúde agravado cada vez mais.

 
O desespero se espalhava no Hospital Regional de Patos devido aos acidentes registrados no dia, e famílias aguardavam respostas para seus entes feridos em estado grave e socorridos ao hospital, enquanto isso o médico Dr. Wostenildo Crispim festejava com amigos em um churrasco no Condomínio Villas do Lago, em Patos.

Cadê o respeito à vida, a valorização dos princípios éticos e a responsabilidade de quem um dia fez um juramento, questionava na tribuna da casa o vereador Luiz Carlos que fez questão de lembrar o juramento médico.
 
JURAMENTO DO MÉDICO
 
“Eu, solenemente, juro consagrar minha vida a serviço da Humanidade. Darei como reconhecimento a meus mestres, meu respeito e minha gratidão. Praticarei a minha profissão com consciência e dignidade. A saúde dos meus pacientes será a minha primeira preocupação. Respeitarei os segredos a mim confiados. Manterei, a todo custo, no máximo possível, a honra e a tradição da profissão médica. Meus colegas serão meus irmãos. Não permitirei que concepções religiosas, nacionais, raciais, partidárias ou sociais intervenham entre meu dever e meus pacientes. Manterei o mais alto respeito pela vida humana, desde sua concepção. Mesmo sob ameaça, não usarei meu conhecimento médico em princípios contrários às leis da natureza. 
 
O fato é que o médico plantonista segundo fotos divulgadas em redes sociais, estava em um churrasco em um condomínio de luxo na cidade de Patos e foi comprovado através de relatos no Whatsapp na comunidade denominada “Grupo Vida Boa”. Na foto, registrada às 10h26minh deste domingo, o médico, usando calção preto e sem camisa, posa ao lado de amigos, mas na verdade ele deveria estar no Hospital Regional de Patos no seu plantão. A cena foi enviada a redação por um dos amigos do médico que disse não concordar com o episódio.

A moção de repudio foi formalizada pelo vereador Luiz Carlos e subscrita pelo vereador Paulo Freire que se solidarizaram com os familiares do jovem agricultor Paulo Cezar.


Texto: Blog Revista São Mamede
Com informações do Patosonline


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo