Coligação divulga Nota de Esclarecimento com relação ao caso Dinaldo Wanderley. Veja



Foi emitida hoje uma nota oficial da Coligação “Por uma Patos melhor” a respeito da detenção do empresário Dinaldo Wanderley pela Polícia Federal para esclarecimentos. Segue abaixo:
Coligação “Por uma Patos melhor”NOTA OFICIAL A Coligação “Por uma Patos melhor”, tendo em vista os reiterados ataques de que tem sido vítima o nosso candidato, vem esclarecer à população patoense os seguintes fatos:
1.       Em nenhum momento houve a prisão do empresário Dinaldo Wanderley;
2.       Em virtude da greve dos bancos de Patos, o empresário retornava de uma agência bancária em Campina Grande, quando foi abordado pela fiscalização eleitoral;
3.       Em poder do empresário, foi encontrada a quantia de R$ 30 mil reais, recebida de forma absolutamente legal, conforme documentos já apresentados à justiça eleitoral;
4.       Conforme os comprovantes já encaminhados à justiça eleitoral (anexo), esse dinheiro foi recebido legalmente com o competente termo de doação, assinado pelo senhor Vinicius José Bezerra Fernandes Filgueiras, comprovado com o respectivo recibo bancário, e destinada ao Diretório do Partido, para honrar as despesas oficias de campanha, de acordo com a Lei;
5.       A origem destes ataques é conhecida de todos os patoenses. No desespero de quem sabe que vai perder, se busca atacar o empresário e pai do candidato, tentando atingir a honradez de sua família, por não ter nada que possa atingir ou macular a honra e a pessoa de Dinaldinho.
Por fim, abaixo da justiça de Deus, confiamos na justiça dos homens e na sabedoria de nosso povo.
Patos, 27 de setembro de 2012.Coligação “Por uma Patos melhor

Foi emitida hoje uma nota oficial da Coligação “Por uma Patos melhor” a respeito da detenção do empresário Dinaldo Wanderley pela Polícia Federal para esclarecimentos. Segue abaixo:

Coligação “Por uma Patos melhor”NOTA OFICIAL A Coligação “Por uma Patos melhor”, tendo em vista os reiterados ataques de que tem sido vítima o nosso candidato, vem esclarecer à população patoense os seguintes fatos:

1.       Em nenhum momento houve a prisão do empresário Dinaldo Wanderley;

2.       Em virtude da greve dos bancos de Patos, o empresário retornava de uma agência bancária em Campina Grande, quando foi abordado pela fiscalização eleitoral;

3.       Em poder do empresário, foi encontrada a quantia de R$ 30 mil reais, recebida de forma absolutamente legal, conforme documentos já apresentados à justiça eleitoral;

4.       Conforme os comprovantes já encaminhados à justiça eleitoral (anexo), esse dinheiro foi recebido legalmente com o competente termo de doação, assinado pelo senhor Vinicius José Bezerra Fernandes Filgueiras, comprovado com o respectivo recibo bancário, e destinada ao Diretório do Partido, para honrar as despesas oficias de campanha, de acordo com a Lei;

5.       A origem destes ataques é conhecida de todos os patoenses. No desespero de quem sabe que vai perder, se busca atacar o empresário e pai do candidato, tentando atingir a honradez de sua família, por não ter nada que possa atingir ou macular a honra e a pessoa de Dinaldinho.

Por fim, abaixo da justiça de Deus, confiamos na justiça dos homens e na sabedoria de nosso povo.


Patos, 27 de setembro de 2012.Coligação “Por uma Patos melhor.

Patosonline com assessoria