Cidade de Patos poderá ter Parlamento Mirim



O presidente da Câmara Municipal Juvenal Lúcio de Sousa, Marcos Eduardo, deve apresentar brevemente na Casa Juvenal Lúcio de Sousa, um projeto que cria o Parlamento Mirim, o qual deverá ser composto por estudantes carentes da cidade.

O objetivo é levar os jovens a participarem das ações e discussões do Legislativo em torno dos problemas da cidade e contribuir com propostas trazidas da comunidade, fazendo-as chegar até o Executivo Municipal.


Eduardo, que pediu a contribuição de todos os vereadores na construção desse projeto, explicou que vai convocar a comunidade em geral, com destaque para as escolas particulares e públicas para que conheçam o formato do Parlamento Mirim, que deverá iniciar seus trabalhos a partir do próximo recesso de final de ano da Câmara Municipal.

“Queremos levar essa discussão já para o novo prédio da Câmara, que será inaugurado dia 30 do próximo mês. A gente vai aproveitar a inteligência dos jovens, que têm muita contribuição a oferecer ao nosso Município”, comentou Marcos Eduardo.


Na sessão de ontem da Câmara Municipal, Marcos Eduardo solicitou do prefeito Nabor Wanderley a instalação de um transformador no Matadouro Público Municipal. Ele explicou que o Matadouro é um grande consumidor de energia e que, por não haver um transformador naquela localidade há constante interrupção dos serviços, onde recentemente ficou oito dias sem energia, trazendo sérios prejuízos no abate de animais.


O problema se estende aos moradores da comunidade do Matadouro, que sofrem também. “A colocação de um transformador vai resolver o problema de todos, inclusive evitar que haja queima de eletrodomésticos”, acrescentou Eduardo.


Marcos Eugênio