Cícero mantém candidatura para 2010 e dá carta branca para aliados “debandarem”



O senador Cícero Lucena saiu da reunião afirmando que dá carta branca para os parlamentares que quiserem apoiar outros projetos no pleito de 2010. Porém, sua candidatura para ocupar Palácio da Redenção está mantida.

Durante a reunião foram discutidas algumas coligações que o PSDB pretende formar, e o senador aproveitou a oportunidade para oficializar o apoio do deputado federal Wellington Roberto à sua candidatura.

“Ele declarou o apoio ao nosso projeto, e é um possível candidato a uma vaga no Senado, quando houver a composição da chapa majoritária”, afirmou Cícero.

O candidato a presidência da República pelo PSDB, José Serra, virá a Paraíba e em entrevista coletiva irá declarar quais são os planos da executiva nacional para o partido na Paraíba, segundo informou Cícero a vinda de Serra está confirmada, mas ainda está sem data prevista. 

Em relação a aliança com os democratas, Cícero disse que tem um projeto e espera contar com o apoio do DEM pela história de união que sempre houve entre os partidos.

O senador informou que o ex-governo Cássio Cunha Lima não participou da reunião por incompatibilidade de agendas, mas que todas as definições desta tarde serão repassadas para ele.  

A reunião contou ainda com a presença dos deputados Arthur Cunha lima, Ruy Carneiro, Romero Rodrigues, Zenóbio Toscano, Dinaldo Wanderley, Antônio Mineral e Pedro Medeiros, já os deputados Ricardo Marcelo e Fabiano Lucena não puderam comparecer.

Cícero finalizou suas declarações esperançoso sobre a volta de alguns parlamentares que hoje declaram apoio a candidatura de Ricardo Coutinho.

PB Agora