Cícero Lucena rebate Efraim e reafirma candidatura ao Governo



O senador Cícero Lucena (PSDB) rebateu nesta terça-feira (1º), em entrevista à Rede Paraíba Sat, as declarações do também senador Efraim Morais (DEM), que admitiu a possibilidade de apoiar uma terceira via da oposição caso nenhum dos dois conseguisse emplacar suas respectivas candidaturas. Cícero reafirmou que é candidato ao Governo da Paraíba, disse que Efraim estava se precipitando e destacou que as pesquisas pouco valem um ano antes do pleito.


Para o parlamentar tucano, ainda falta muito tempo para as eleições estaduais, de forma que Efraim não pode querer se precipitar. “Se uma candidatura dependesse de pesquisas feitas um ano antes, Ronaldo Cunha Lima não tinha sido candidato em 1990, eu não tinha sido candidato à Prefeitura de João Pessoa em 1996, Efraim não tinha concorrido ao Senado em 2006 e Cássio não tentaria a reeleição em 2006. Todos estavam bem atrás um ano antes e acabaram vencendo as eleições”, declarou.


O parlamentar e pré-candidato ao Governo disse também que vem cumprindo a sua promessa e quer que Efraim faça o mesmo. “Concordamos que iríamos colocar nossas candidaturas nas ruas e esperaríamos a chegada de Cássio para chegar a uma definição. Espero que Efraim cumpra o acordo e não se precipite”, destacou.


Ainda de acordo com Cícero Lucena, é inconcebível que um grupo político que saiu vitorioso em 2002 e 2006 abra mão de sua candidatura própria. “Temos que viabilizar um nome forte de nosso grupo, para que voltemos ao Governo e retomemos os projetos sociais da época de Cássio e que foram paralisados no Governo Maranhão”, concluiu.


Phelipe Caldas