Chuvas no Vale do Piancó geram expectativa de boa recarga no complexo Coremas-Mãe dÁgua



As últimas chuvas registradas nos municípios do Vale do Piancó, tem gerado boa expectativa em torno da recuperação hídrica do Complexo Coremas-Mãe dÁgua, principal bacia hidrográfica do estado.

Com chuvas de 60.1 milímetros no município de Aguiar, 44,1 milímetros em Boa Ventura, 42.5 milímetros em Itaporanga, e 41,5 milímetros em Serra Grande, o Rio Aguiar, principal afluente da Barragem Mãe dÁgua, e o Rio Piancó, que é interligado no Acude de Coremas, amanheceram em cheia nesta segunda-feira, 24.

De acordo com dados da Agencia Executiva de Gestão das Águas da Paraíba-AESA, os dois mananciais totalizam juntos esse ano, pouco mais de 102 milhões e 100 mil metros cúbicos de água, com última atualização registrada no dia 21 de fevereiro.

Esse quantitativo já supera em mais de 10 milhões de metros cúbicos, o volume registrado pelo complexo em 28 de fevereiro de 2019, que superava a casa de 91 milhões e 590 mil metros cúbicos de água.

Segundo dados divulgados pela Empaer e pela Cagepa de Itaporanga e Conceição, outros municípios do Vale do Piancó, a exemplo de Diamante – 17.0mm, São José de Caiana-11,1 mm, Santa Inês, 7,5 mm, Santana dos Garrotes, 5,7 mm, Emas – 2.8mm e Santana de Mangueira, 1,5 milímetros, também registraram chuvas nas últimas horas.

Patosonline.com