“Chapão não acabou e apóia o prefeito”, diz presidente do PRP



O presidente do Partido Republicano Progressista – PRP, Paulo Lacerda, foi o entrevistado do quadro “Conversa Afinada”, no Itatiunga Primeira Hora (rádio 102 FM), na manhã de hoje (quarta-feira), dia 18 de março, onde declarou que o Chapão não acabou, e que constitui base aliada do prefeito Nabor Wanderley (PMDB).



A declaração foi rebatendo as afirmações do ex-vereador Tião, que em entrevista ao repórter Jéferson Saldanha (rádio 102 FM), disse que o Chapão era por se só, oposição ao prefeito de Patos.



O presidente do PRB afrimou que os dois vereadores eleitos pelo Chapão, Edimlson e Peteca, são filiados ao PRP e por isso devem agir em conformidade com a legenda, porém ouvindo a opinião dos membros do Chapão.



Paulo Lacerda disse que aqueles que não aceitar a ideologia do PRP, poderá pedir a desfiliação que será amplamente atendido.



Sobre as declarações do vereador Edimilson, que criticou as declarações do Tião (Edimilson disse que o mandato era dele, e não do Chapão), o presidente do PRP disse que foi justamente o que tinha falado anteriormente, que os vereadores eleitos são do PRP.



Paulo disse que o PRB inda não está discutindo apoio para as próximas eleições. Segundo ele, só no momento certo, é que irá sentar e definir essa situação. Ele criticou declarações de membros de Chapão, afirmando que o Chapão votará no candidato apresentado pelo grupo de Cássio Cunha Lima para governo do estado nas próximas eleições.



O presidente disse que desautoriza qualquer pessoa a falar em nome do partido (PRP) em Patos. “O presidente do PRP em Patos sou eu, e, portanto, ninguém pode decidir pelo partido aqui em Patos, a não ser o presidente”, declarou Lacerda.



Redação do Patsonline.com