Destaques

Central de Marcação e Regulação de Patos mantém esforços para reduzir demanda de consultas e exames

O gerente da Central de Marcação e Regulação da Secretaria Municipal de Saúde de Patos, José João de Albuquerque, informou nesta quarta-feira (9), que o serviço vem se empenhando ao máximo para atender demandas da atenção básica, solicitadas pelas unidades básicas de saúde (UBSs).

João explicou que este esforço está sendo necessário devido ao atraso provocado pelo período mais crítico da pandemia do novo coronavírus, que consequentemente causou o afastamento de alguns médicos, redução da carga horária e suspensão dos procedimentos para Campina Grande e João Pessoa.

Sobre a grande demanda de consultas e exames especializados, com muitos ainda em atraso, ele lembrou que o município de Patos atende obrigatoriamente cerca de mais 50 municípios pactuados, e que por esta razão o fluxo tem sido lento. 

O gerente deixou claro que está buscando dar prioridade aos quadros clínicos com mais agravo, e na sequência os casos por ordem de chegada. 

Enquanto o fluxo de consultas, exames e encaminhamentos é normalizado, João orientou que as demandas repentinas e de grande urgência, sejam levadas diretamente na Central de Marcação e Regulação, que funciona de segunda a sexta, das 7h00 às 13h30, na rua João Soares, 167, bairro Brasília, próximo ao Terreiro do Forró, na antiga Secretaria Municipal de Saúde.

Coordecom – Hélio Barbosa

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close