Politica

Cenário negativo na Paraíba poderá fazer Marcelo Queiroga desistir de candidatura em 2022

A expectativa é que o paraibano não saia da Saúde para entrar no pleito. A desistência se dá em conta ao cenário no estado não ser favorável à postulação.

ÓTICAS GUIMARÃES

Interlocutores do governo Bolsonaro já avaliam que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não vá disputar a nenhum cargo eletivo nas eleições deste ano. O nome do cardiologista foi cotado para disputar ao cargo de senador ou deputado federal pela Paraíba.

Segundo a Folha de São Paulo, a expectativa é que o paraibano não saia da Saúde para entrar no pleito. A desistência se dá em conta ao cenário no estado não ser favorável à postulação.

O Ministério da Saúde tem um orçamento de R$ 160,5 bilhões. O governo avalia que seria mais viável que Queiroga continuasse na pasta. Em caso de necessidade de reforma administrativa, o ministério não estaria na mesa de negociações no ano eleitoral.

Caso o paraibano persista e decida lançar-se candidato, auxiliares palacianos acreditam que Bolsonaro tentará uma “escolha interna” para a pasta, mas admitem que a pressão dos aliados será forte. Neste cenário, o secretário-executivo Rodrigo Cruz seria uma opção.

Fonte: MaisPB com Folha de São Paulo 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo