Celebrando São José: Diocese de Patos abre oficialmente ano especial convocado pelo Papa



Na noite desta sexta-feira, 19, aconteceu na Catedral Diocesana de Patos, a abertura do ano de São José. A Santa Missa, presidida por Dom Eraldo Bispo da Silva, contou com a presença de alguns padres e seminaristas, seguindo as restrições do decreto estadual para o enfrentamento da Covid-19.

“A Celebração de hoje, exige do Bispo uma palavra a cada padre, diácono, seminarista, a cada comunidade, a cada pessoa que traz o nome de José… Celebramos hoje São José, Homem que teve a coragem de assumir a paternidade de Jesus. Pai Amado, Pai na ternura, Pai na obediência, pai na coragem criativa. Pai na Sombra, não aparece, não se coloca no centro, descentralizou-se para colocar Jesus e Maria no centro. Homem do amor casto: Sempre voltado para o bem dos outros. São José ensina que a paternidade não é poder, ela orienta, exorta, cuida. Nós devemos aprender com São José o cuidado com os outros. Que São José nos ajude a viver a paternidade na Igreja, na família, nas comunidades”, afirmou Dom Eraldo, em sua homilia.

Também na celebração, foi recordado o aniversário de fundação do Seminário São José, que completou 30 anos, no dia 18 de março. Padre Amauri Rodrigues de Sousa, reitor da casa de formação, falou sobre a importância e sobre o legado do seminário para toda a Diocese. Atualmente, 14 jovens estão na formação propedêutica, residindo no Seminário São José.

Ao término da Missa, o coordenador de Pastoral, Padre Expedito Caetano, dirigiu uma mensagem sobre a vivência do Ano de São José na Diocese de Patos, apontando algumas sugestões e iniciativas, sobretudo a importância da participação das famílias, uma vez que também foi instituído o amo “Amoris Laetitia”, também convocado pelo Papa, por ocasião dos cinco anos do documento, que é fruto dos Sínodos sobre a Família, em 2014 e 2015. O Ano de São José acontecerá de março de 2021 à março de 2022.

.

Por Maurício Lucena

Fotos: Glauber Alves

Pascom Diocesana de Patos-PB