Cássio nomeou Jacilene no Estado e ela recebe R$ 1,5 mil sem trabalhar



A loira dos vídeos no You Tube, identificada como Jacilene Alves de Azevedo, que seria amante do governador Cássio Cunha Lima desde 2002, é realmente funcionária pública do Governo do Estado da Paraíba, conforme O Patos Online apurou junto ao Jornal A PALAVRA.


Ela é comissionada, com exercício na Secretaria de Estado de Interiorização da Ação do Governo, titulada pelo deputado estadual licenciado Romero Rodrigues, primo do Chefe do Executivo.


O ato assinado pelo próprio governador Cássio Cunha Lima é a Portaria 0758, de 29 de março de 2007, publicada no Diário Oficial do Estado no dia seguinte, 30 de março.


Jacilene é Assistente de Gabinete I, Símbolo CAD-6, mas não deu até agora nenhum minuto de expediente na repartição onde está lotada. Pelo menos no local ninguém lembra de tê-la visto nem em dias de receber o contracheque.


A PALAVRA apurou que o salário dela gira em torno de R$ 1,5 mil.


NOS ESTADOS UNIDOS


Depois de identificada pela reportagem de A PALAVRA como amante do governador, ninguém mais viu a loira em Campina Grande.


Dois colunistas sociais da cidade, que privavam até alguns dias atrás da amizade do casal, disseram que ela costumava gabar-se junto a amigas que Cássio teria sido o seu "primeiro homem", aludindo à perda da virgindade ainda bem jovem.


Segundo eles, Jacilene teve de ir morar por alguns meses nos Estados Unidos, em casa de um irmão, para evitar que na campanha o amado se desconcentrasse da agenda, tanta era a paixão entre os dois.


Ao retornar à Paraíba, o governador teria lhe arranjado emprego no Detran, e os dois passaram a se encontrar da forma a mais discreta possível, tendo ela namorado "de fachada" um diretor de marketing da São Paulo Alpargatas, de nome William Sampaio, não por coincidência amigo de Diego, filho de Cássio, o que muito ajudou no disfarce da relação até agora, segundo um dos cronistas, que pede omissão do nome, por questões óbvias.

Data: 08/05/2008
Fonte: A PALAVRA