Carro capota pega fogo e homem morre carbonizado



Por volta das 18h00 de ontem (sábado), 15 de novembro, um fusca azul capotou no trecho que compreende entre a divisa de Água Branca-PB com Tabira-PE no sítio Cajá. Cícero Damião Gomes Barros de 22 anos morreu carbonizado. O motorista, ainda não identificado, evadiu-se do local.

 

A vítima fatal é filho de João Gomes da Silva e Cleide Maria Gomes de Barros. Era agricultor solteiro e residia no sítio Cajá de Cima pertencente ao município de Tabira.

 

De acordo com as informações de vizinhos, ele esperava um transporte para ir até a cidade pernambucana, quando pegou uma carona no fusca que capotou e pegou fogo logo em seguida.

O motorista até o momento, identificado apenas como Itinha, conseguiu sair do carro. Ele gritou por ajuda e chegou a tentar apagar o fogo. Algumas pessoas chegaram e usaram um extintor de incêndio. Os vizinhos traziam água, mas não conseguiram conter as chamas a tempo.

 

O comerciante Reginaldo Marcelino foi um dos primeiros a chegar ao local. “Escutei um gemido e pensei que fosse alguém dentro do carro”, disse ele. Na verdade, Cícero Damião ainda conseguiu sair do Fusca, mas o fogo era intenso e lhe atingiu. Ele caiu em uma valeta. Sofreu queimaduras em várias partes do corpo o que provocou sua morte.

 

Uma ambulância do hospital de Água Branca compareceu ao local. No entanto, pelas conseqüências do caso, nada pôde ser feito. Uma equipe da polícia militar comandada pelo cabo Bartolomeu também esteve presente e fez os levantamentos de praxe.

 

O policiamento não tinha nem uma viatura disponível. Usou o carro da Câmara de vereadores. Depois de realizada uma audiência pública para viabilizar melhorias na segurança da cidade, foi prometida uma viatura. É o que diz o cabo Bartolomeu. Ele disse ainda que essa viatura não chegou até o momento.

 

Uma equipe de policiamento comandada pelo Tenente Gilvam compareceu e assumiu o caso. Visto que a ocorrência foi em território do Pernambuco. O Tenente acionou a Polícia Civil para que fosse feita a perícia completa.

 

Para o patosonline.com – Gilmá Nascimento