Caos e abandono na Delegacia de Polícia de Itaporanga



A situação de abandono e caos em que se encontra a 6ª Delegacia Regional, sediada em Itaporanga, pede uma urgente intervenção da Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social.

 

As imagens da 6ª Delegacia Regional deixam claro que policiais da região do Vale do Piancó, e certamente de outros pontos do estado, não possuem sequer condições de trabalho.

 

As imagens revelam que o prédio da 6ª Delegacia Regional não oferece as mínimas condições de higiene e estrutura, além de sofrer com a falta de profissionais.

 

Vários delegados se queixam que não possuem escrivão ou agente nas delegacias. Além da função de delegado, pela falta profissionais alguns fazem o trabalho de agente e escrivão, e chegam a responder por até cinco distritais.

 

Viatura é artigo de luxo na região. Com o pensamento de que a valorização deve começar por quem enfrenta esses e muitos outros problemas, após suspender uma greve marcada por várias negociações frustrantes, delegados de todo o estado aguardam uma proposta salarial do Governo Maranhão III, além de melhorias estruturais nas delegacias da Paraíba.

 

Ao assumir o governo, José Maranhão garantiu que Segurança Pública seria prioridade. Os primeiros relatórios de auditores no Tribunal de Contas do Estado (TCE) dão conta de que, no mês de março, o Governo do Estado não cumpriu os índices de investimentos estabelecidos pela Constituição Federal.

 

Em entrevista à imprensa o governador José Maranhão (PMDB) não soube explicar a razão pela falta de investimento e mais uma vez, atacou o antigo governo. Ele disse que recebeu as delegacias em péssima condições, salários atrasados, e está tentando a todo custo colocar as coisas em ordens.    

 

Thiago Moraes