Câmara de Teixeira aprova Moção de Repúdio contra presidente do PMDB



"camara"Câmara Municipal Aprova Moção de Repúdio contra Presidente do PMDB Municipal

 A Câmara Municipal de Teixeira aprovou nesta terça-feira (21/10) uma moção de repúdio ao presidente do Diretório Municipal do PMDB de Teixeira, o Professor José Elenildo Queiroz, pelo motivo de barrar um membro da Imprensa de realizar seu trabalho jornalístico na convenção do diretório, realizado no último dia (18/10), na Escola Estadual Sebastião Guedes da Silva.

A moção foi aprovada por 8 votos, o vereador João Batista Filho (leloinha do PMDB) absteve-se da votação, mais alegou total solidariedade com o Jornalista Thércio Rocha. Todos os Vereadores usaram a Tribuna para defender o Direito da Imprensa que exerce um papel fundamental em nossa cidade.

Estavam presentes na sessão os vereadores: Inácio Amorim Júnior, Presidente da Câmara (PSC), Francisco de Assis Paz Amorim (PDT), Francisco Jarbas Oliveira (DEM), José Alves Batista (PSL), Paulo de Tarso Carneiro Nunes (PDT), João Batista (Poeta do PSDB), Pretinho Novo (PDT), a vereadora Kay France Nunes (DEM) e João Batista Filho (PMDB). "Toda e qualquer agressão a um membro da Imprensa deve ser repudiada; essa é uma questão de Direito Internacional, pois envolve a preservação da Liberdade de Expressão", frase este que entrou no sentimento de todos que usaram a Tribuna.

Leia a Moção de Repúdio na Íntegra:

MOÇÃO Nº 05/2009.

Senhor Presidente,

Os Vereadores que subscrevem esta, requerem a Vossa Excelência, na forma regimental, após ouvido o plenário, que o Senhor Presidente, uma vez aprovado e observadas as formalidades constantes no Inciso II, parágrafo 1º, art. 146 do Regimento Interno, seja consignado em ATA dos trabalhos desta Sessão VOTOS DE REPÚDIO ao Sr. José Elenildo Queiroz, presidente do Diretório Municipal do PMDB, pela sua conduta, desleal, anti-ética, covarde, impositiva e ditatorial, em virtude da repressão de barrar um membro da imprensa, por ocasião da realização da convenção do Diretório Municipal do Partido do Movimento Democrático brasileiro, nesta cidade de Teixeira. Fato este que repercutiu negativamente para a nossa cidade junto à conceituada imprensa que presta elevado serviço a sociedade, bem como esse tipo de atitude descabida em nada enobrece a classe política, já tão alvejada em críticas deste país.

Quando de forma desrespeitosa o Senhor Elenildo, agiu pelo impulso do seu pré-julgamento recheado de descriminação, além de fugir dos princípios democráticos do Estado de Direito. O mencionado transgressor se dirigiu ao repórter e acadêmico do curso de Jornalismo da FIP, de maneira brusca, grosseira e inaceitável, impediu o jovem Thércio Rocha de fazer seu trabalho de cobertura do evento, o qual na integra é um ato publico, pois a convenção estava sendo realizada no prédio publico da Escola Estadual Sebastião Guedes da Silva, sem nenhum impedimento da presença e participação da comunidade.

Nos Vereadores e representantes do povo, nos solidarizamos com o Jornalista Thércio Rocha e com toda a Imprensa que de certa forma foi maculada. Entendemos, merecer elevado repúdio deste Poder Legislativo, quaisquer violações do Direito da Liberdade de Imprensa, principalmente em se tratando da pessoa íntegra, educada, dinâmica, imparcial e de família de tradição política.

Ressaltamos que o jovem Thércio Rocha, exerce com brilhantismo o cargo de Secretário Adjunto de Comunicação do Município, também prestou relevantes serviços a esta Casa Inês Cordeiro de Araújo, como Diretor de Informática; tem uma invejável trajetória de responsabilidade a qual, carrega nos ombros de bem representar seus avós: a Senhora Carmelita Rocha, ex-prefeito e ex-vereador Serafim Pereira, além de dispensar comentários o cacife da convivência com o Líder e ex-deputado Zé Lira; fundadores do MDB e PMDB, sigla esta que foi um partido que agregou figuras exponenciais de homens da envergadura do Saudoso Sebastião Novo Cavalcante, Pai do atual Vice-Prefeito Jacinto Novo e do nobre Vereador José Alfredo Novo Cavalcante (pretinho), e Antônio Mendes, de 98 anos avó do nobre vereador João Batista Filho (leloinha).

Destacamos que o Jornalista Thércio é administrador de um meio de comunicação de massa – o Portal http://www.therciorocha.com/

Somos de opinião que nossa Terra Teixeira muito avançou com a marcante comemoração do Sesquicentenário e em pleno Século XXI jamais poderá retroagir a opressão da Ásia, ao massacre no Camboja, nem poderá voltar os regimes de ditaduras da Romênia e Filipinas manchadas pela nodoa da corrupção de figuras autoritárias do tipo: Nicolau Ceausescu e Ferdinand Marcos. O resultado de elementos ultrapassados que usam destas praticas radicais, recebem da opinião pública, a pura reprovação popular e são banidos da vida pública, com fracassos e derrotas.

Thécio Rocha

Fonte: Secretaria da Câmara Municipal