Caboclo enche a cara de cachaça, dá um brabo e é preso em Diamante (Zé de Mané)



O agricultor Djaci Abílio de Sousa, 61 anos, tomou uma cachaça sebosa na tarde de segunda-feira, botou um 38 cheio de bala na cintura, e ficou brabo feito um siri dentro de uma lata lá na rua de Diamante.

 

Revoltado, ninguém sabe porque, Djaci Abílio parecia touro brabo soltando fogo pelas ventas. Preocupados com a situação, o povo da Rua Abílio Sérvulo, ficaram com medo de acontecer uma porcaria e ligaram pros home.

 

E seu Djaci continuava lá, tomando cana e brabo feito a gota serena. Uma hora ele esbravejava, outra hora gritava, pense num muído.

 

Depois de alguns minutos os soldados chegaram, revistaram o homem, e encontraram o revólver na cintura dele, cheio de bala até a zureia.

 

Quando caquiaram do outro lado, também acharam uma peixeira que parecia a espada do Rei Athur.

 

Ainda brabo feito a gota, o home foi levado lá para a delegacia, pra esfriar a cabeça e contar a história bem direitinha pro delegado.

 

Pense num muído!!!

 

Zé de Mané – o repórter do povão