BRASILEIRÃO: Com vacilo de time paulista, a liderança isolada fica com carioca

O Santos empatou nos acréscimos com pênalti polêmico



Santos tropeçou na Vila Belmiro ao empatar com o Athletico por 1 a 1, mesmo assim em cima da hora. Mas acontece que fechou a 18.ª rodada como vice-líder (37 pontos), atrás do Flamengo, agora líder isolado com 39 pontos.

Na briga pelas primeiras posições, o Palmeiras surge em terceiro lugar com 33 pontos, porém, com um jogo a menos. Pode, portanto, chegar aos 36 pontos e fechar o primeiro turno embolado com Santos e Flamengo.

GOLEADA INESPERADA
Mas o domingo começou com a goleada inesperada sofrida pelo Cruzeiro diante do Grêmio, por 4 a 1, na Arena Independência. Um resultado que deixou a Raposa perto da zona de degola e Rogério Ceni a ponto de puxar o carro ou abandonar o barco. Desde que mudanças radicais não aconteçam no clube.

A Raposa ocupa a incômoda 16.ª posição, com 16 pontos, enquanto o Grêmio, em alta, tem 25 pontos em 11.º lugar.

FOGÃO DEIXA GALO EM CRISE
No Engenhão, o Botafogo quebrou jejum de três jogos e impôs a quarta derrota seguida ao Atlético-MG. O Fogão está em posição intermediária, enquanto o Galo bem perto, atravessa a sua pior fase nesta competição.

O time carioca tem 26 pontos, em décimo, atrás do próprio Galo, com 27 pontos, em oitavo lugar. No meio, em nono lugar está o Athletico, com 27 pontos.

ARGEL VENCE COM CSA
À noite, depois de uma semana em que o técnico Argel Fucks lavou roupa suja, o CSA venceu a Chapecoense por 2 a 0 no Estádio Rei Pelé. O time alagoano aparece agora com 15 pontos, em 18.º lugar e só fica atrás do Fluminense, também com 15, pelo número de vitórias: 4 a 3.

Completam a zona de rebaixamento, o próprio Chapecoense, com 14, e o Avaí, com 10 pontos e só uma vitória.


Por Agência Futebol Interior




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.