Botafogo deve ter novidades para partida contra Bahia pelo Nordestão

Foto: Ascom/Botafogo



Neste sábado, às 18h15, o Botafogo-PB vai enfrentar o Bahia no estádio de Pituaçu, uma vez que a Fonte Nova será novamente utilizado como Hospital de Campanha devido ao novo aumento do número de casos de Covid-19, pela segunda rodada da Copa do Nordeste.

Depois de uma estreia criticada contra o 4 de Julho, o Belo vai em busca de recuperação contra um adversário forte, reeditando a partida das quartas de final do ano passado da competição, na qual o time pessoense foi eliminado depois de perder por 3 a 1 em um jogo cheio de erros de arbitragens favoráveis ao time baiano.

Marcelo Vilar, técnico botafoguense, disse que aproveitou a semana para tentar minimizar as falhas cometidas na primeira rodada e melhorar o desempenho ofensivo de seus comandados. Porém, não confirmou as reestreias do meia Clayton e do atacante Rafael Oliveira.

– Trabalhamos a semana no sentido de corrigir o que não deu certo contra o 4 de Julho. A estreia não foi o que a gente esperava, mas não foi tudo de ruim. Com relação a nossa parte ofensiva, a diretoria contratou os jogadores, e nos resta encaixar esses jogadores a medida que eles entrarem em forma. O Clayton estava em um período de inatividade, o Rafael Oliveira também vem de um período de paralisação. A gente espera que nesse jogo o time possa ir bem e consiga um bom resultado – afirmou.

Sobre o adversário de sábado (06), o treinador botafoguense tem dúvidas sobre o que esperar. Isto porque o Tricolor da Boa Terra jogou a Série A do Campeonato Brasileiro até o dia 25 de fevereiro, e deu folga de alguns dias aos titulares, fazendo com que uma equipe chamada de “transição” estreasse com vitória na Copa do Nordeste diante do Salgueiro.

Entretanto, nos últimos dias os jogadores do time principal voltaram aos treinos, e não há uma definição concreta sobre suas disponibilidades para o duelo em Pituaçu.

– É um time que até agora a gente não sabe como ele vem. Ele tem um time da transição, que começou bem contra o Salgueiro fora de casa, com uma proposta inteligente de jogar com muita velocidade, mas que na quarta-feira perdeu no Campeonato Baiano. Os jogadores do time principal se apresentaram. A gente sequer sabe se vão usar o time profissional ou da transição, mas qualquer que seja o adversário, o Botafogo-PB vai buscar fazer lá fora um jogo melhor do que fez contra o 4 de Julho, e ter personalidade para marcar quando estiver sem a posse de bola, mas também atacar quando estiver com a posse da bola – declarou.


Voz da Torcida