Batendo à porta do eleitor (notícia do internauta)



Eles estão chegando! Os carrões de luxo na garagem, roupas de marcas famosas deixadas em apartamentos da capital. A camuflagem de campanha começa a ser vestida. Tudo isso tem um nome: Eleição 2010.

Os políticos começam a garimpagem de votos atrás de eleitores, cujo perfil recai sobre aqueles adeptos do assistencialismo e o favorecimento político. O voto é considerado moeda de troca, e pensando nisso os políticos vão investir pesado mesmo sabendo que tal prática é crime eleitoral. Para isso contam com ajuda de colaboradores e bajuladores de plantão, irão pedir votos em nome do Pai, do Filho e até da sogra para continuarem no poder ou chegarem ao topo da elite.

O voto começa a ser conquistado entre os eleitores esclarecidos e comprados aos não esclarecidos, cujos políticos usam da prática da perseguição, intimidação, chantagem e mentiras.

A Partir de agora tudo vai funcionar, PSF, Farmácia Básica, Hospital, Maternidade, cirurgias realizadas, exame de vista e outros, fora os complementos como: Tijolo, telhas, cimento e até casas. Casas que somente agora em ano de eleição serão entregues como moeda de troca.

Ruas antes esburacadas e as escuras agora são visitadas por políticos em carros populares sem películas e sorrindo para os eleitores. A mão que irá cumprimentá-lo será a mesma a fechar todas as portas para você eleitor patoense. Eles vão bater na sua porta e cabe à você fazer a escolha certa para não lamentar pelos próximos quatro anos.

O voto é uma conquista jamais uma opção de vendas para políticos gananciosos que buscam o poder.

 

"eleitor

Internauta do Patosonline.com