Bang bang no Sertão: Após matar um policial e ferir outro, homem é morto pela polícia



Por volta das 08h00min de ontem (sábado), a guarnição do CB COELHO, comandante do Destacamento Policial Militar da cidade de Riacho dos Cavalos, juntamente com o Cb JOSÉ DANTAS e o Cb RANIERY, componentes da referida guarnição, estavam preparando-se para efetuar as rondas rotineiras pela zona rural do referido município, momento em que o Dr. Luiz, um conhecido advogado daquela cidade, acabara de chegar no citado destacamento dizendo que queria ter uma ligeira conversa com aqueles militares que já haviam embarcado na viatura, e estavam prontos para dar início ao serviço.

 

Quando mediante esta solicitação do advogado, os policiais desembarcaram e adentraram ao Destacamento rapidamente deixando uma Espingarda calibre: .12 mm nº. de série: AEE 156911, carga da PMPB, dentro daquela viatura ora estacionada na frente do mencionado DPM.

 

Após o contato com o advogado, ao retornarem a Vtr, os militares perceberam a falta da arma e logo em seguida deram início a diligências em torno do destacamento a procura de suspeitos e para saber junto a populares sobre quem havia subtraído a arma. Os PMs lembraram de ter visto o acusado JOSEILTON SOARES VIEIRA (foto abaixo), 20 anos, conhecido por “Galego de Dedé de Fausto”, nas proximidades do destacamento e da viatura, sujeito conhecido no município pela constante prática de atos violentos, como ameaças de morte a diretora do colégio que freqüentava.

 

 

Após ser expulso, ter tentado matar a própria mãe com uma faca, ter tentado também matar o prefeito de Riacho dos Cavalos, além de seus próprios parentes terem manifestado aos policiais envolvidos nesta operação o medo que sempre sentiram do acusado.

 

Desta forma os militares mantiveram contato com populares que afirmaram ter visto o acusado portando a espingarda e caminhando na direção da casa do prefeito desta cidade.

Os policiais solicitaram apoio junta a companhia de Catolé do Rocha que de imediato enviou duas guarnições para a cidade, comandadas pelo Ten Macedo com a operação Raio e a outra pelo 3º SGT SUARES com o efetivo do destacamento da cidade Mato Grosso.

 

Momentos depois, a guarnição do Cb Coelho dirigiu-se ao sítio Alto dos Carneiros e ao chegarem no local verificaram que o acusado encontrava-se na casa de um parente e ao dar início ao cerco policial na casa os policiais foram surpreendido com um disparo que atingiu o braço direito e o abdome na altura das costelas do Cb Coelho que teve intensa hemorragia.

 

Diante desta situação as guarnições de reforço chegaram ao local, sendo que por volta das 10h00minh a guarnição constituída pelo 2º TEN MACEDO, CB GONÇALVES, CB FRANCISCO e CB UBIRAMAR, tiveram novo confronto com o meliante que estava embrenhado na vegetação escondido na folhagem, o acusado efetuou um disparo que atingiu o CB PM matricula. 513.882-5 UBIRAMAR ALVES DA SILVA (foto abaixo) no ombro esquerdo, pescoço e cabeça, causando-lhe morte instantânea e outro disparo que atingiu o Cb Gonçalves, também na cabeça, boca e têmpora esquerda.

 

 

As diligências continuaram, e no intuito da captura do meliante foram solicitadas duas guarnições do Choque do 3º BPM comandadas pelo 1º TEN ÉLDER, onde na parte da tarde tiveram outro confronto. Continuando as diligências foram levantados possíveis pontos de apoio que o meliante poderia ter quando anoitecesse, a partir daí foram distribuídas guarnições por estes pontos e por volta das 22h00minh o acusado se aproximou de forma dissimulada da guarnição composta pelos militares 3º SGT NELSON, CB JOÃO GALDINO e SD WENIO que se encontravam com um tio do acusado, onde o próprio tio avisou à polícia: “Cuidado! Olha ele aí!”, neste momento o acusado levantou a espingarda que estava colada à perna e efetuou um disparo, porém sem conseguir alvejar ninguém, momento em que a referida guarnição desferiu disparos com a Submetralhadora INA, conseguindo derrubá-lo ao solo, a partir daí foi prestado socorro ao acusado JOSEILTON SOARES VIEIRA, 20 anos, porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

 

OBS: Texto e fotos transcritos do blog do 3º BPM