Bandidos são presos após assalto em Patos e São Mamede



Os pernambucanos Francisco dos Santos Venâncio, 35 anos, e Paulo Emerson José dos Santos, 24 anos, residentes na Rua Torres Homens, 50, bairro da Várzea, Recife, foram presos por policiais rodoviários federais, do Posto da PRF e policiais militares, do 3º Batalhão, depois de terem praticado dois assaltos à mão armada, em Patos e São Mamede. Durante a fuga os ladrões acabaram atropelando uma pessoa e acabaram presos depois de cerca de cinco horas de perseguição.

De acordo com as informações da Polícia, tudo começou por volta das 13h40 da sexta-feira (14), em Patos, quando os Francisco Venâncio e Paulo Emerson, alugaram o táxi, Corsa, de placa MON-3754-PE, pertencente ao taxista Manoel Lourenço, 65 anos, residente na Rua Santa Luzia, bairro Belo Horizonte e que trabalha no ponto de táxi da Praça Nossa de Fátima, no bairro Belo Horizonte. Os dois disseram que iam para a cidade de Quixaba e depois de acertaram a corrida, seguiram a viagem.

Na entrada da cidade de Quixaba, um deles sacou de um revólver e anunciou que era um assalto, em seguida amarram e amordaçaram Manoel Lourenço, colocando-o na mala do Corsa e rumaram para a cidade de São Mamede, onde assaltaram a casa lotérica São Mamede, pertencente ao comerciante Suélio Medeiros de Oliveira, na Rua Presidente João Pessoa.

Os ladrões roubaram da casa lotérica todo o dinheiro, a quantia de R$ 8.560,83 em espécie, um cheque de R$ 294,19, 10 folhas de cheque em branco, do Banco do Brasil, e ainda R$ 50,00 do taxista Francisco Venâncio. Após o assalto Francisco Venâncio e Paulo Emerson fugiram no Corsa e durante a fuga atropelaram Luzinete Bezerra de Morais, 32 anos, residente na Rua Euclídes Franco, bairro da Vitória, Patos.

O Centro de Operações da Polícia Militar-Copom, do 3º BPM e a Polícia Rodoviária Federal, foram avisadas. Viaturas da PRF e Polícia Militar saíram em perseguição aos acusados que horas depois foram localizados na rodovia PB-275, próximo à cidade de São José das Espinharas. Eles pressentiram a aproximação das viaturas policiais, abandonaram o Corsa e fugiram a pé. Francisco Venâncio foi o primeiro a ser preso quando tentava entrar no mato e Paulo Emerson foi preso mais adiante quando tentava se esconder.

Com os bandidos os policiais apreenderam uma bolsa com o dinheiro roubado, dois revólveres Taurus, calibre 38 e 11 munições (balas) intactas. Francisco Venâncio e Paulo Emerson foram levados para a Delegacia de Polícia, onde foram autuados pela delegada Ana Valdenice Praxedes Leite. Os dois foram transferidos da Delegacia para o Presídio Regional de Patos, onde estão à disposição da Justiça.

Humberto Lira/Correio da Paraíba