Brasil

Banco Mundial revê para cima crescimento do PIB do Brasil neste ano

Instituição ressaltou a importância de o governo manter equilíbrio fiscal

ÓTICAS GUIMARÃES

Até o fim de 2022, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve crescer 2,5%, segundo as mais recentes estimativas divulgadas pelo Banco Mundial. A projeção anterior estava em 1,5%. Para 2023, a instituição manteve em 0,8% a previsão de aumento da economia, fruto da política do governo federal.

As estimativas para o PIB do Brasil estão mais em linha com as previsões do governo. No fim de setembro, a Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia elevou de 2% para 2,7% o crescimento do PIB em 2022.

Para 2023, as projeções divergem. O Orçamento Geral da União prevê crescimento de 2,5% do PIB do Brasil, enquanto as estimativas do Banco Mundial mostram expansão menor. As novas estimativas foram divulgadas depois de um encontro entre o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial. As reuniões ocorrem na próxima semana, entre 10 e 16 de outubro, em Washington.

Segundo o relatório, os gastos sociais e os investimentos (obras públicas e compra de equipamentos) são elementos centrais para impulsionar o crescimento na América Latina no cenário pós-covid. O equilíbrio fiscal, contudo, deve ser buscado. Os gastos extras devem ser financiados por meio de novos impostos, reforma tributária e medidas para melhorar o gasto público.

Fonte – Cristyan Costa / Economia Revista Oeste

Imagem: Foto: Rrpodução/Shutterstock Economia, Brasil, Gráfico, crescimento, bandeira


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo