Baixa no PMDB: ex-aliados de Vené e Maranhão devem desembarcar no coletivo girassol e endossar apoio a RC



Historicamente aliados do PMDB, agora os atuais integrantes doSolidariedade (SDD), na Paraíba devem mesmo desembarcar no coletivo girassol e apoiar a reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), em vez do nome do ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo. É que depois do deputado federal Benjamim Maranhão, que é presidente estadual do Solidariedade (SDD), admitir a possibilidade da legenda apoiar o PSB nas eleições deste ano, agora foi a vez do presidente municipal da sigla, o vereador João Almeida (SDD) também endossar a possibilidade.

Almeida confirmou que a legenda continua na base do prefeito Luciano Cartaxo (PT) na Câmara Municipal de João Pessoa, e que na próxima reforma que houver na PMJP, uma secretaria deve ser dada ao novo partido. Além disso, ele afirmou que embora não seja confortável, o SDD poderá apoiar também o projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Continuamos na base do prefeito. O SDD é um partido novo e foi composto por quatro vereadores que já faziam parte da base e nada vai mudar. Avançamos nas conversas com o prefeito, a gente pleiteou mais espaço na prefeitura, o que Luciano Cartaxo acha altamente junto, mas acontece que já houve uma reforma há pouco tempo. Estamos no caminho certo, não há ‘faca no pescoço’ e o SDD não vai deixar de apoiar o prefeito ou apoiar em troca de cargos.

A conversa está indo num víeis de o SDD participar sim efetivamente do governo, mas não vou dizer que será agora ou daqui a um mês”, afirmou.""

Em relação à aproximação do SDD com o grupo do governador Ricardo Coutinho, o vereador João Almeida afirmou que as conversas estão sendo feitas através do presidente estadual da legenda, o deputado federal Benjamim Maranhão (SDD), que recebeu o aval da municipal para buscar as melhores conveniências para o partido no pleito de outubro.

“Apoiar Luciano Cartaxo e Ricardo Coutinho é uma possibilidade. Não é uma situação confortável, não é um modelo político interessante, mas a possibilidade é latente. Acontece que a nível estadual, nós enquanto base do prefeito, fizemos nossa parte para tentar trazer o partido para o lado do prefeito como um todo, mas até agora a gente esta nas conversações e diante disso a gente libera o partido a nível estadual para fazer coligações de acordo com a conveniência melhor para o partido”, disse.

Segundo ele, assim como em João Pessoa, caso se confirme o apoio ao socialista, o partido deverá passar a compor o governo, respondendo por alguma secretaria. “O deputado Benjamim enquanto presidente do Estadual conversou com o governador, como tem conversado com outras lideranças para definir o destino do partido. Cartaxo não é candidato a nada, nós somos da instância municipal, o pleito é estadual e federal, então não vejo problemas em se conversar com o Governador ou com outros partidos”, disse.

E continuou: “Sei que há de se entender que se for o caso de um apoiamento, o espaço dentro do governo haverá de acontecer. É uma coisa lógica, os gestores governam com partidos aliados e os partidos compõem ministérios, secretarias, diretorias, superintendências. Se for para ter o apoio do SDD estadual ao governador, haverá de ser ocupando uma secretaria”.

""Com a aproximação do SDD, o PSB ganha e o PMDB perde, já que tanto Benjamim quanto Joao Almeida historicamente apoiavam o grupo do ex-governador José Maranhão e em 2014 devem pegar o caminho inverso, endossando o apoio à reeleição do governador Ricardo Coutinho

A entrevista de Joao Almeida foi concedida ao Jornal Correio da Paraíba

PB Agora