Autora da campanha Maio Laranja, vereadora Nadir incentiva denúncias de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, em Patos



Com o intuito de marcar o mês de maio de combate ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil, foi instutuida em Patos a campanha Maio Laranja, de autoria da vereadora Nadir Rodrigues.

O movimento foi sancionado em 2015, e segundo Nadir, a elaboração do projeto teve apoio da pastora Joana Darc, do CMDCA, e idealizado pela assitente social Juliana Freitas, e desde que foi implementado na cidade, várias ações e atividades já foram desenvolvidas.

A autora da Lei destacou a importância da ação, especialmente no momento em que o país se encontra, onde tem aumentado os crimes dessa natureza em ambiente familiar:” Infelizmente, temos tido um aumento em relação a esse tipo de crime, já que as pessoas estão mais em casa e é justamente nesse ambiente, que alguns desses abusos acabam sendo cometidos. Dessa forma, é fundamental ficarmos mais vigilantes e ainda mais preocupados com esse tipo de situação”, orientou.

O Maio Laranja foi uma campanha pioneira no país e a ação ganhou visibilidade nacional, onde várias cidades e estados aderiram ao movimento, que já entrou inclsuive no calendário de ações do governo federal.

A parlamentar reforçou ainda a importância de denunciar os casos e lembrou que a denúncia é sigilosa e anônima: “Situações de abuso e exploração sexual de menores, em regra, ocorrem dentro do próprio lar. Então, este trabalho de mobilização, de compartilhar informações e conhecimentos, de viabilizar canais para denúncia é importantíssimo, pois só assim, é que conseguimos identificar o autor do abuso para que esses sejam punidos”, explicou.

As denúncias podem ser feitas pela central 123, na Paraíba ou pelo Disque 100, em todo território nacional.

Assessoria




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.