Ausência do Relator provoca adiamento de julgamento do caso do afastamento de Dinaldinho no TJPB. Veja



Durante o processo, o ex-prefeito tentou por varias vezes voltar a ocupar o cargo de chefe do poder municipal.

E nesta quarta-feira (21), a ausência do relator do processo que determinou o afastamento do prefeito Dinaldinho Wanderley, desembargador Carlos Martins Beltrão Filho, não teria comparecido à Sessão do Pleno do Tribunal de Justiça, motivo pelo qual não foi submetida a julgamento a medida cautelar que determinou o afastamento do prefeito patoense.

A matéria deverá voltar à pauta na próxima Sessão Ordinária Judicial do Tribunal de Justiça, que deve se realizar dentro de quinze dias, ou seja, em 05/12/2018, uma quarta-feira.

Enquanto isso, o então vice-prefeito Bonifácio Rocha está ocupando a vaga, no ato de Prefeito inteiro até à volta ou não do gestor eleito pelos patoenses.

 

 

PatosOnline.com / Carlos Dhaniel