Artistas do Cristal Circo, no Noé Trajano, passam dificuldades e pedem doações a população de Patos. Ouça;



O senhor Roger, representante do Cristal Circo, no Noé Trajano, entrou em contato com o Patosonline.com para pedir ajuda a população de Patos, devido as condições precárias que estão vivenciando na cidade.

Roger afirmou que os artistas circenses estão parados há mais de dois meses por conta da pandemia do Novo Coronavírus e por essa razão estão sem poder trabalhar e sem expectativa para os próximos meses por conta da ausência dos espetáculos, o que tem obrigado os artistas a viverem de doações.

Segundo o senhor Roger, a pandemia do covid-19 tornou bastante difícil a situação dos artistas, que tem poucas expectativas de voltar a trabalhar com regularidade no ano de 2020. Ouça;

Roger

A SITUAÇÃO DO CIRCO

O Cristal Circo também está tentando resolver uma ligação irregular de energia elétrica junto a Energisa e a Prefeitura de Patos, para garantir as condições de assistência para as nove pessoas que integram a família circense naquele local.

O procedimento se daria através dentro do padrão da Energisa, empresa concessionária do serviço, fazendo a ligação pelo sistema de iluminação pública, a exemplo do que ocorreu com o circo Miraculous, que está localizado nas proximidades do Campo da Liga.

O presidente da FUNDAP, Marcelo Lima, informou ao Patosonline.com que o problema deve ser resolvido até esta sexta-feira, 29.

Algumas doações aos artistas tem sido articuladas pelo diácono Gildenor Oliveira, por meio da campanha “Fazer o Bem 100 Olhar a Quem”, promovida pelos oficiais de justiça da Comarca de Patos.

Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.