Armas usadas em assaltos no Sertão são frutos de roubo. Afirma delegado da PF



O delegado da Polícia Federal em Patos, Gustavo Castro, concedeu entrevista ao repórter Fábio Diniz, da rádio 102 FM, onde afirmou que a maioria das armas usadas em assalto no Sertão são frutos de roubos praticados por integrantes de quadrilhas.

 

Ele informou que o contrabando de armas, praticada pela fronteiras dos estados vizinhos, praticamente não existe aqui na nossa região. As armas usados nos assaltos praticados no Sertão, são geralmente tomadas dos próprios cidadãos, ou de seguranças, que foram vítimas desse tipo de ação criminosa.

 

Gustavo Castro declarou, que todo indivíduo detido com arma, afirma a polícia, que está portando a mesma, justamente para se defender. O delegado informou, que o calibre da arma, pode indicar se ela poderá ser usada para assaltos. “As de grosso calibre, provavelmente, serão usadas em assaltos”, disse o delegado.

 

Segundo o delegado, a melhor opção para evitar quer as armas caiam nas mãos dos assaltantes, é desarmar a população.

 

Confira a reportagem….