Armando Abílio admite pela primeira vez que poderá não votar em Ricardo



O presidente estadual do PTB, Armando Abílio, projeta reunião especial do partido nesta semana para definir os rumos em 2010, mas já comunicou ontem ao ex-deputado federal Carlos Dunga que não mais votará em Ricardo Coutinho para o Governo, mesmo sendo o primeiro partido e líder político a propor o voto no líder do PSB. Ele admitiu que vai conversar com o governador José Maranhão e o senador Cícero Lucena visando definir novos rumos da legenda na sucessão de 2010.

– A partir de agora, o presidente do PTB nos comunicou que não vai mais seguir a recomendação do voto em Ricardo pois está muito decepcionado com o tratamento recebido – argumentou Dunga.

Para o suplente de senador, “a opção que me resta neste momento é assegurar o voto em Cícero Lucena e em Cássio para o Senado”.

Conforme explicou, “a situação no partido mudou muito nos últimos dias diante da desfeita a que fomos submetidos”.


Walter Santos