Esportes

Após eliminação, Cruzeiro demite o técnico Felipe Conceição

O técnico Felipe Conceição foi demitido pela diretoria do Cruzeiro após a eliminação na terceira fase da Copa do Brasil. 

A equipe mineira perdeu para o Juazeirense-BA por 3 a 2 na decisão por pênaltis na Copa do Brasil, após ser derrotada por 1 a 0 no tempo normal. No jogo de ida, em Belo Horizonte, o Cruzeiro venceu também por 1 a 0. 

Felipe Conceição já vinha pressionado no cargo após duas derrotas seguidas no início da Série B, contra Confiança e CRB.

O time mineiro é o lanterna da competição e sofreu sete gols em duas partidas. O ataque marcou quatro. 

Sóbis no banco

No último domingo, houve uma polêmica envolvendo o treinador e o atacante Rafael Sóbis. O camisa 10 foi substituído aos 11 minutos do segundo tempo e deixou o campo insatisfeito. 

“Tirar quem está jogando bem? Só pode estar de sacanagem comigo. Fica me minando o tempo todo”, disse o atacante.

Na entrevista pós jogo, Felipe Conceição disse que o assunto seria resolvido internamente e prometeu que medidas seriam tomadas. 

“O assunto vai ser resolvido internamente, mas nenhum atleta está acima do clube nem do treinador. Existe hierarquia e isso vai ser resolvido. A gente não aceita nenhum tipo de adversidade interna. Não tenho mais nada para dizer, mas com certeza vão ser tomadas medidas”, falou o treinador.

Nesta quarta-feira, Sóbis foi reserva e não foi utilizado durante a partida contra o Juazeirense.

Histórico no Cruzeiro

Contratado no fim de janeiro após passagem pelo Guarani, Felipe Conceição esteve à frente do Cruzeiro em 20 jogos: foram oito vitórias, três empates e nove derrotas.

Mozart, ex-treinador da Chapecoense, é o nome mais forte nos bastidores para assumir o time mineiro.


Goal

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close