Esportes

Após duas derrotas, zagueiro do Campinense faz as contas para se classificar na Série D

ÓTICAS GUIMARÃES

Duas derrotas para o líder do grupo, jogando no mesmo nível, mas pagando pelo pecado de perder oportunidades claras de gols. Com os resultados, a realidade do Campinense é a de buscar fazer as contas pelo que precisa conquistar mirando na classificação para a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

Em entrevista coletiva, o zagueiro Itallo afirmou que os erros cometidos diante do ABC-RN serviram de aprendizado, mas a gana pelo acesso não foi modificada.

– O que não pode acontecer é a gente se acostumar a jogar bem e perder os jogos. Sabemos que vamos jogar com adversários que vão brigar pela classificação, possivelmente vão brigar pelo acesso também. Infelizmente a gente não está aproveitando as oportunidades que estamos tendo. Temos que ser realistas, o professor Ranielle já está cobrando isso, entre nós também existe a cobrança, não só da parte da frente, mas do meio, com a gente lá atrás, que estamos indo em bolas paradas, a bola passou muito na área, tipo pedindo para que a gente fizesse o gol. Mas um ponto positivo é que a gente não parou de lutar. Não pode dizer que está tudo acabado, que o fim… isso é normal no futebol – disse o defensor.

O zagueiro ressaltou ainda que, apesar dos resultados negativos e da pressão dos adversários, o elenco rubro-negro já fez as contas do que precisa fazer para conseguir avançar de fase.

– Ranielle fez as contas conosco. Na matemática, se a gente vencer todos os jogos em casa, praticamente estaríamos classificados, então, o pensamento não vai mudar nada, sabemos que o Atlético-CE é um time forte, mas a gente tem que fazer nosso dever de casa, time que quer buscar algo na competição tem que pontuar com vitória dentro de casa. A torcida pode ter certeza que existiu a derrota, mas a gente não vai desistir – falou.

Para virar a página de vez e pensar só no Atlético Cearense, o elenco se reapresentou nesta segunda-feira com trabalho regenerativo e jogo-treino com a equipe Sub-17, trabalhando nos dois turnos. O clima na Toca da Raposa é de confiança.

– Sabemos que aqui dentro do ambiente, no nosso dia a dia, não pode existir dúvidas, a dúvida tem que vir de fora e ficar lá fora mesmo. A gente sabe onde a gente quer chegar, a gente sabe do nosso potencial, a gente sabe a confiança que um tem que ter no outro, a comissão técnica confiando nos jogadores e vice-versa. Não é terra arrasada, não vamos vir aqui buscar culpados, ficar lamentando. Pontuamos e ganhamos [em outras oportunidades] fora de casa, agora a semana começa pensando no próximo jogo. Vamos aprender com os erros e continuamos na missão, convidamos o torcedor também para que eles continuem nos apoiando, estamos aqui em busca do acesso e o pensamento permanece o mesmo depois da derrota – finalizou Itallo.


Equipe @Vozdatorcida

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios