Policial

Após bandidos fazerem família refém e promoverem arrastão, jovem chora e faz desabafo nas redes sociais devido à insegurança, em cidade do Sertão

ÓTICAS GUIMARÃES

Após uma residência, localizada no sítio Barbosa, zona rural de Bernardino Batista, Sertão do Estado, ter sido assaltada e a família feito refém, na noite desta quarta-feira (29), a jovem filha do proprietário fez um desabafo nas redes sociais, devido a insegurança no município.

Em lágrimas, a jovem lamentou o ocorrido e disse que na cidade não tem nenhuma guarnição de polícia: “Minha família é trabalhadora. Amarraram meu pai, amarraram minha mãe, amarraram todo mundo na minha casa, e não tinha por quem chamar, porque na cidade não tem nenhuma polícia. Quebraram a casa inteira, levaram o carro do meu irmão, isso é uma humilhação, não desejo a ninguém”, disse a jovem.

Segundo informações da Polícia Militar, os bandidos conseguiram subtrair cerca de R$ 4 mil, um automóvel da família e outros objetos, sendo que o veículo foi recuperado pela PM durante as diligências.

Conforme informações passadas por um filho do dono da casa, ele teria sido abordado por dois meliantes a pé e armados com um revólver e uma pistola em um local distante da residência, e o obrigaram a levá-los até a casa da família e lá realizaram o delito.

Após acionada, a PM entrou em diligências e ao passar pelo bairro Bela Vista, na cidade de Uiraúna, os policiais se depararam com o veículo roubado e ao dar meia volta para se aproximar do carro, os bandidos adentraram em uma região de mata e abandonaram o automóvel.

Veja abaixo o desabafo da jovem:

Patosonline.com

Com informações de Diário do Sertão


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo