Policial

Após ação das polícias, sequestradores soltam comerciante cajazeirense na cidade de Malta

Décio Barreto de Sousa Júnior, conhecido como Júnior Barreto, havia sido sequestrado por volta das 20h da sexta-feira (25) quando estava guardando seu carro

ÓTICAS GUIMARÃES

O comerciante cajazeirense Décio Barreto de Sousa Júnior foi deixado às margens da BR-230, no municípío de Malta, na região metropolitana de Patos, após passar quase 24 horas nas mãos de sequestradores. A informação foi confirmada pelo delegado seccional de Cajazeiras, Ilamilto Simplício.

Júnior Barreto, como é conhecido, foi sequestrado por volta das 20h da sexta-feira (25) quando estava guardando seu carro no Centro de Cajazeiras. Ele foi abandonado pelos bandidos por volta das 16h deste sábado, após ação das polícias Civil e Militar.

O jovem comerciante mora com os pais em uma residência na Travessa Paulo Andriola, no final da Avenida Presidente João Pessoa. Seu pai, Décio Pereira, é dono de um tradicional bar que é conjugado com a residência, mas fica localizado na Avenida Presidente João Pessoa. Segundo ele, os bandidos renderam seu filho para tentar entrar na residência, mas eles desistiram e resolveram sequestrar Júnior Barreto.

No começo da tarde deste sábado, o Diário do Sertão entrou em contato com o delegado Ilamilto Simplício, que confirmou o desaparecimento do comerciante, mas disse apenas que o caso estava sendo apurado sob sigilo absoluto, por isso ele não deu mais informações. Agora as investigações devem prosseguir na tentativa de localizar suspeitos.

Fonte: Diário do Sertão


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo