Apesar de crise, Prefeitura aumenta contratações sem concurso em Patos



A Prefeitura de Patos, no Sertão paraibano, elevou o número de contratações sem concurso público no primeiro semestre do ano. É o que revela levantamento feito pelo Portal Paraíba.com.br, com base nos dados disponibilizados no sistema Sagres, do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Em meio ao caos político desde o afastamento do prefeito Dinaldinho Wanderley, a cidade já contabiliza o quarto prefeito em pouco mais de dois anos. Na última sexta-feira (23), o vereador Ivanes Lacerda foi eleito presidente da Câmara e empossado como prefeito interino.

Uma de suas primeiras medidas como gestor da cidade foi exonerar todos os cargos comissionados e rescindir os contratos de servidores temporários.

De acordo com os dados, no mês de janeiro a prefeitura possuía 841 prestadores de serviço. Só com o pessoal foram gastos pouco mais de R$ 1,4 milhão. Já em junho, esse quantitativo pulou para 1006 funcionários contratados por excepcional interesse público. O custo na folha foi para R$ 1.635.034,46.


Alexandre Freire (Paraíba.com.br)