Policial

Agricultor é espancado por assaltantes na zona rural de Cajazeiras, tem cano da arma colocado na boca, mas evita disparo. VÍDEO

Geraldo Joaquim, 53 anos, estava chegando em casa de moto, no sitio Catolé dos Mangueiras, quando dois assaltantes o abordaram do lado de fora da residência

ÓTICAS GUIMARÃES

Um violento assalto que aconteceu na zona rural de Cajazeiras, na noite desta quinta-feira (05), deixou a vítima com vários ferimentos pelo corpo, com mais gravidade no rosto.

O agricultor Geraldo Joaquim, de 53 anos, chegava em casa de moto, no sitio Catolé dos Mangueiras, quando dois assaltantes o abordaram do lado de fora da residência e levaram o veículo. Antes, houve luta corporal e agressões na vítima.

Um dos bandidos apontou uma arma de fogo para a cabeça do agricultor, que reagiu e entrou em luta corporal com eles. Durante a briga, Geraldo sofreu várias coronhadas no rosto.

No hospital, Geraldo contou para a reportagem da TV Diário do Sertão que um dos assaltantes chegou a colocar o cano da arma dentro da sua boca, mas o agricultor evitou o disparo.

Local onde o agricultor foi abordado pelos assaltantes (Foto: Victor Batista / TVDS)

Geraldo conta que não dava para ver os rostos dos criminosos porque a luz do lado de fora da residência estava desligada. Já no hospital, ele disse que espera que as polícias localizem o veículo e identifiquem os assaltantes, e que haja justiça no caso.

A TV Diário do Sertão também conversou com a mãe de Geraldo, dona Maria Virgem da Silva, que estava em casa no momento do assalto, mas não ouviu nenhum barulho. Ela só se deu conta do que estava acontecendo quando os bandidos fugiram e seu filho bateu à porta.

Fonte: Diário do Sertão


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo