Agora é oficial: PP de Enivaldo Ribeiro rompe com Ricardo e declara apoio a Maranhão



Depois de identificar as atitudes de Cássio como uma “traição”, o Partido Progressista, dirigido na Paraíba pelo ex-deputado Enivaldo Ribeiro decidiu romper a coligação com a chapa das oposições, englobada por Cássio, Ricardo e Efraim e anunciou na tarde desta segunda-feira a decisão oficial sobre o apoio da majoritária para o pleito deste ano.

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (05), no apartamento do deputado Aguinaldo RIbeiro, os profressistas também decidiram por liberar os filiados da sigla a votarem em qualquer um dos candidatos a governador.

A informação foi confirmada na tarde de hoje (segunda-feira) por um assessor de Enivaldo Ribeiro que conversou por telefone com a equipe de redação do Patosonline.

De acordo com informações, Enivaldo havia fechado um acordo com o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) na última quarta-feira (30), no entanto, ao chegar na festa de convenção do PSB, realizada no Clube Cabo Branco, o dirigente percebeu que o acordo firmado com o tucano não havia sido cumprido. Na mesma noite, Enivaldo retornou a sede do partido, e reunido com os dirigentes, lavrou em ata o rompimento da coligação com trio oposicionista.

Sem fazer alarde, Enivaldo respondeu a “traição” com o silencio e deve anunciar a posição oficial do partido nas próximas horas. O Partido deve anunciar com quem fechou e enfim desvendar todo o mistério.

Patosonline.com, com informações do Pbagora e confirmção via telefone por pessoas ligadas ao Partido Progresista