• Dra Milena
Locais

Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias aceitam proposta apresentada pelo prefeito Nabor Wanderley

ÓTICAS GUIMARÃES

Uma assembleia foi realizada na manhã desta segunda-feira, dia 01 de agosto, com os Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e Agentes de Combate às Endemias (ACEs) para decidirem se aceitariam ou não a proposta feita pelo prefeito Nabor Wanderley.

Os agentes cobravam do prefeito Nabor Wanderley o pagamento do piso nacional aos ACSs e ACEs, no valor de dois salários mínimos, R$ 2.424,00, pagamento da insalubridade com base nos dois salários mínimos, o pagamento da gratificação de 40% paras as duas categorias, também em cima do salário base, o pagamento do retroativo referente aos meses de maio e junho, no valor de R$ 874,00 por mês, além de condições dignas de trabalho.

Já a gestão municipal apresentou a proposta de 25% em cima da gratificação que hoje é de 40%, mas com uma diferença, como explica o vereador o vereador Sales Júnior, líder do governo.

“Esses 40% que eles têm hoje não levam para suas aposentadorias. Sendo que a proposta de governo é de fixar 24% com a garantia em lei para as suas aposentadorias. Uma outra proposta do governo foi pagar o retroativo de maio e junho de todos os reflexos atualizados, conforme o novo piso dividido em quatro vezes. Isso vai dar pouco mais de quatrocentos mil reais”, explicou o líder do governo.

Pabhlo Rhuan fez contato com o vereador e sindicalista, Zé Gonçalves, que esteve presente durante todo o diálogo dos ACSs e ACEs com o prefeito Nabor. Segundo Zé Gonçalves, a proposta apresentada pela gestão foi aceita pelos agentes.

Por Pabhlo Rhuan – Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo