Afastamento de Dinaldinho completa 16 meses neste sábado, 14



O afastamento do prefeito de Patos Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, (Dinaldinho), está completando 16 meses neste sábado, 14 de dezembro.

Apesar de várias decisões tomadas a respeito do processo, já são 486 dias de afastamento, a contar de 14 de agosto de 2018 a 14 de dezembro de 2019, e o processo segue aguardando uma posição definitiva das esferas competentes do poder judiciário.

No último dia 05 de dezembro, o Subprocurador-Geral da República, Dr. Nívio de Freitas Silva Filho, assinou mais um parecer do Ministério Público Federal (MPF), confirmando a necessidade da permanência do afastamento de Dinaldinho, do cargo de prefeito de Patos.

Desde o seu afastamento, o município foi governado por três prefeitos interinos, incluindo o atual, Ivanes Lacerda, (MDB), que completará apenas quatro meses a frente da gestão no dia 23 de dezembro.

Apesar das especulações em torno de uma possível renúncia de Dinaldinho do cargo, pessoas ligadas ao prefeito afastado tem negado essa possibilidade, que se confirmada, seria necessário a realização de uma nova eleição indireta, para definir o novo chefe do executivo patoense.

Patosonline.com