Advogada contesta prisão do empresário Maxwuell Soares, na Operação Recidiva



A advogada identificada por Dra. Keila, responsável pela defesa do empresário Maxwuell Bryan Soares, da Viga Engenharia, contestou ao repórter Josivan Antero, a informação veiculada nesta quarta-feira, 20, pela Rádio Arapuan FM, dando conta que o empresário teria sido um dos detidos na Operação Recidiva 4, realizada pela Polícia Federal.

Segundo informações repassadas pela advogada, a Polícia Federal esteve no escritório da empresa, com o objetivo de realizar o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, apreendendo documentos ligados a Prefeitura de Triunfo-PB.

A advogada também informou que Maxwuell continua trabalhando normalmente em seu escritório, e que não havia nenhuma documentação ligada à Prefeitura de Patos, contestando o que foi noticiado.

A Viga Engenharia é responsável pela execução de várias obras públicas ligadas à Prefeitura de Patos, a exemplo do Canal do Frango, Vila Olímpica e o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), além dos Canais do Novo Horizonte e do Noé Trajano.

Patosonline.com