Acusados de saquear casa de casal morto por Covid no Sertão são presos



Três homens foram presos nesta quinta-feira (25) acusados de invadir e saquear a casa de um casal que morreu de Covid-19 num intervalo de vinte minutos, ne Cajazeiras, no Sertão do estado.

José Carlos de Abreu Cartaxo, de 36 anos, e Lívia Gonçalves de Abreu, 35, trabalhavam com aluguel de som — ele era conhecido como Carlinhos Paredão. O casal deixou duas filhas.

O caso chocou a cidade e ocorreu no dia do sepultamento das vítimas no município. A residência do casal foi invadida e diversos equipamentos foram levados, a exemplo de Tvs, caixas de som, monitores e outros itens eletrônicos. O roubo foi descoberto pelo irmão da vítima.

De acordo com a polícia, os três acuados foram detidos em Campina Grande e admitiram a participação no crime. Eles ainda afirmaram que venderam parte dos produtos para duas empresas na cidade.

A polícia informou que a participação dos receptadores está sendo investigada e os donos dos estabelecimentos terão que responder judicialmente.

MaisPB