Policial

Acusados de matar Itó Morais vão a julgamento nesta quinta

O Tribunal do Júri realiza nesta quinta-feira (20), a partir das 9h00, no Fórum Criminal de João Pessoa, o julgamento de três dos acusados de serem mandantes do assassinato do então prefeito do município de Santa Luzia, Itó Morais.

O crime ocorreu no dia 26 de maio de 2002, quando o prefeito retornava de uma festa junina na cidade. Ele foi assassinado, durante a madrugada na entrada de sua fazenda. Os familiares de Itó serão representados pelo advogado Abraão Beltrão e o promotor Francisco Sarmento será o assistente de acusação.

Estarão sendo julgados, Antônio da Nóbrega Cesarino, na época vice-prefeito e apontado como mentor intelectual do crime; Joacil Jairo de Medeiros, empresário, que teria interesse nos negócios realizados com a prefeitura; e Linaldo Dantas, que era motorista da ambulância do Hospital Sinhá Carneiro e era quem faria contatos com os pistoleiros contratados para matar Itó.

Para Ademir Morais, irmão do ex-prefeito, a família quer que a justiça seja feita, afinal esse foi um crime bárbaro que chocou toda a sociedade paraibana. “O nosso desejo é que não impere neste país o sentimento e impunidade”, disse Ademir. Itó era primo do senador Efraim Morais.

José Alves

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close