Acusado pelo acidente que feriu ex-namorada e matou namorado dela se apresenta a polícia



"acusadoO acusado da morte do jovem Cléber Pires de Oliveira, 27 anos, Alexandre da Silva Chaves [foto] se entregou a polícia na tarde desta terça-feira (20). Ele também é acusado de tentativa de homicídio contra sua ex-mulher, Maria Sidileide Siqueira dos Santos, 31 anos que se recupera no Hospital Regional de Patos, das lesões provocadas pelo acidente causado por ele supostamente proposital.

O acusado chegou acompanhado de seu advogado e foi direto para uma das celas da Central de Polícia onde lá ficou aguardando a chegada do delegado Hugo Lucena para o início do seu depoimento.

Porém, ele se negou a fazer qualquer declaração à autoridade policial e apenas assinou o Termo alegando que só se pronunciará em juízo. Abordado pelos jornalistas que lhe esperava na porta da Delegacia, ele disse: "Eu só vou declarar minha inocência perante a Justiça"

Alexandre da Silva Chaves é acusado de ter propositadamente jogado o carro dele contra o casal Cléber Pires de Oliveira e sua namorada, Maria Sidileide Siqueira dos Santos, quando eles passavam de moto no cruzamento das ruas Pedro Benedito com a Tabelião Manoel Fernandes, no bairro São Sebastião e que acabou provocando a morte do namorado dela.

Ele estava foragido desde o dia do acidente. Após a tragédia ele abandonou o veiculo Gol de cor preta e placas NQJ-3585 e fugiu. Algumas pessoas presenciaram a tragédia e muitos pensavam que se tratava de um acidente, porém a ex-mulher do acusado, ainda consciente, o acusou de ter provocado o sinistro.

Após a pouca conversa que teve com o delegado, Alexandre foi transferido para o Presídio Regional Romero Nóbrega e aguardará preso, a decisão da Justiça.

Mário Frade – portalpatos