• Dra Milena
ColunistasRodrigo César Limeira

Açude Cachoeira dos Cegos teve recarga hídrica de apenas 7,2% em 2022

Neste ano, o município de Catingueira-PB registrou 1139,2 mm de chuvas até agora

ÓTICAS GUIMARÃES

O açude Cachoeira dos Cegos em dezembro em 2021, ou seja, antes o início do período chuvoso de 2022 tinha 39.351.484 m3, ou 47,48% de sua capacidade máxima, em 06 de junho quando ocorreram as últimas chuvas mais intensas na região ele armazenava 39.351.484m3, ou 54,74% de sua capacidade máxima, agora segundo dados atualizados de 01 de julho ele está com 39.126.866 m3 ou 54,43% de sua capacidade máxima, dessa forma, o reservatório teve uma recarga de aproximadamente 7,26% esse ano.

O açude Cachoeira dos Cegos está situado no município de Catingueira, localizado a aproximadamente 41km a oeste da cidade de Patos. De acordo com dados oficiais, Catingueira até o presente momento registrou 1139mm.

Com uma estação chuvosa muito irregular, ou em outras palavras com grande irregularidade na distribuição espacial das chuvas conforme previu o físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira para o ano de 2022, o pluviômetro da rede pluviométrica oficial registrou muita chuva, mas na bacia do manancial a chuva foi bem abaixo da média, com isso praticamente toda a água que o mesmo detém agora deve-se ao excelente período chuvoso de 2020 que teve chuvas acima da média na região, quando o manancial chegou a 98% de sua capacidade máxima e quase transbordou.

Só lembrando, tanto o período chuvoso de 2021 quanto o de 2022 foram marcados pela grande irregularidade na distribuição espacial das chuvas no Semiárido paraibano, algo que provocou pouca recarga hídrica na maioria dos grandes açudes que abastecem cidades do Cariri, Sertão e Altossertão do Estado, e confirmaram as previsões do estudioso Rodrigo Cézar.

Portal Ciência em Foco com informações do Governo do Estado da Paraíba (AESA) 


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo