Policial

Acidente com ônibus que ia de João Pessoa para Belo Horizonte mata seis

ÓTICAS GUIMARÃES

Um acidente de trânsito envolvendo um ônibus que ia de João Pessoa para Belo Horizonte matou pelo menos seis pessoas carbonizadas e deixou uma ferida. A ocorrência foi registrada na manhã desta sexta-feira (29).

De acordo com informações oficiais a causa do acidente teria sido a imprudência do motorista de um Corsa Sedan, que tentou uma ultrapassagem num trecho proibido da BR-116, a 20 km de Jequié.

"Carro


Ainda segundo as informações, o Corsa se chocou com um ônibus e, em seguida, outros cinco veículos se envolveram no acidente, num local conhecido como Curva da Jibóia. No engavetamento, quatro veículos pegaram fogo. Cinco adultos e uma criança não tiveram tempo de sair dos veículos e morreram queimados.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo de passeio, com placa de Maceió, teria realizado a ultrapassagem indevida e batido de frente com um ônibus fretado, que seguia de João Pessoa para Belo Horizonte. No total, se envolveram no acidente um Corsa e um Vectra, uma carreta que transportava sulfato de bário, um caminhão-tanque, uma carreta da Perdigão, um caminhão carregado de cosméticos e um ônibus.

"Carro

O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou quatro horas para controlar as chamas, pois as unidades tiveram que fazer algumas viagens a Jequié durante a ação, para reabastecimento de água. Seis corpos completamente carbonizados foram retirados pelos bombeiros das ferragens. De acordo com agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT), através de DNA ou arcada dentária, será possível a identificação das vítimas carbonizadas. Os mortos foram os motoristas de uma carreta da empresa Perdigão e do caminhão-tanque, além de dois adultos e de uma criança que estavam em um carro de passeio. Os bombeiros também encontraram o corpo de um homem, ainda sem identificação, que estava em um outro veículo pequeno.

Segundo as testemunhas, o motorista do carro Corsa fez uma ultrapassagem em uma faixa contínua, o que é proibido pelas leis de trânsito. Passageiros do ônibus e de um dos veículos envolvidos no acidente não sofreram ferimentos. O motorista de outra carreta incendiada conseguiu sair em tempo, mas sofreu queimaduras e foi socorrido para um hospital da cidade de Jequié.

O acidente provocou um congestionamento de 15 km nos dois sentidos da rodovia. Após a retirada dos corpos, dezenas de pessoas saquearam a carga de cosméticos e bebidas que era transportada no caminhão.


Portal Correio com Tribuna da Bahia


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo