Locais

“A situação está muito difícil e a gasolina cada dia mais cara”, relata mototaxista da cidade de Patos

O mototaxista Francisco Torres, mais conhecido por Deassis, de 41 anos, é casado, tem três filhos e exerce a profissão há 10 anos na cidade de Patos. Ele tem seu ponto na Praça de Mototáxi na Rua Moacir Leitão, Jardim Lacerda, e é bastante conhecido na localidade pela dedicação com que exerce a atividade que lhe garante o sustento da família.

Francisco Torres – Deassis

Na manhã deste sábado, dia 08, o mototaxista relatou que o preço da gasolina está causando preocupação e revolta entre os trabalhadores que abastecem quase que diariamente suas motos. “O valor da gasolina está variando entre R$ 5,25 e R$ 5,60 em alguns postos. A corrida é R$ 5,00 na grande maioria das vezes. O nosso lucro para garantir a manutenção da moto e a renda tá cada vez mais difícil. Eu tive que aumentar minha jornada de trabalho e tá ruim, mas a gente segue trabalhando para viver”, relatou Deassis.

Com os constantes aumentos nos preços dos combustíveis, quantidade excessiva de mototaxistas explorando o serviço de transporte de passageiros, cidadãos que adquiriram seus próprios veículos, crise econômica e sanitária em decorrência da pandemia, além do valor da corrida por R$ 5,00 e trabalhadores clandestinos, a situação dos mototaxistas que vivem exclusivamente do serviço está, de fato, cada vez mais difícil.

“Tem condições não esse preço da gasolina. A gente tá trabalhando quase para abastecer a moto. Ainda tem manutenção e as demais despesas que sempre surgem. Tomara que a gasolina dê uma segurada no preço. Estamos trabalhando no limite. Tudo tá mais caro! A feira e tudo mais”, relatou Deassis.

Apenas no ano de 2.021, a gasolina já teve reajuste de 17,7%. Desde o governo do presidente Michel Temer (MDB) que o reajuste dos combustíveis está atrelado ao dólar e as variações do valor do barril de petróleo no mercado internacional. Mesmo o Brasil sendo um dos maiores produtores de petróleo do mundo, o país carece também de refinarias. Bolsonaro prometeu mudar a atual política, mas ainda não fez.


Jozivan Antero – Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close