A pressão surte efeito: Temer, Renan e Maia afirmam que não haverá anistia ao caixa 2



Durante entrevista coletiva neste domingo (27) o presidente da República, Michel Temer (PMDB), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) reiteraram que não será aprovada a anistia ao caixa 2.

Segundo Temer há uma "unanimidade" entre os líderes do Executivo e do Legislativo sobre o tema, "É preciso ouvir a voz das ruas".Presidente garantiu que o governo está atento as manifestações de rua e “vai atendê-las”.

Maia negou que exista qualquer tentativa de anistiar crimes, e afirmou, "Há uma falha de comunicação". Ressaltando que nunca aconteceu debate entre ele e líderes para anistiar crimes, " Começamos a discutir algo que não existe". O presidente da Câmara afirma que como essa emenda não foi assinada por nenhhum líder, "Formalmente, ela não existe".

Renan seguindo a mesma linha, destacou que ele e Rodrigo Maia concordam que "Essa matéria não deve tramitar". Já que a pauta não é prioridade, e que as matérias econômicas são prioritárias e devem ser votadas para acelerar a retomada do crescimento nacional.

 

 

Fonte – Diário do Poder