A Justiça da Paraíba autoriza retorno em ensino Híbrido no Colégio Ágape



A autorização foi concedida ao ágape nesta terça-feira (19).


A Justiça da Paraíba autorizou, em caráter liminar de urgência, que o Centro Educacional Ágape volte às aulas presenciais em Patos.

A decisão acompanha o entendimento a nível estadual

De acordo com a decisão, a juíza considerou que, muito embora a pandemia não tenha acabado, o fato é que a situação de anormalidade, impôs a todos os setores sociais e econômica uma série de adaptações e, como não poderia ser diferente, a Educação também deve se inserir nesta nova realidade, mormente, porque, ao entender desta julgadora, trata-se de SERVIÇO ESSENCIAL, que deve ser prestado pelo poder público em primeiro lugar.

A juíza autorizou a volta das atividades nesta unidade, desde que a escola assegure a liberdade de escolha para professores, colaboradores e alunos que não vão ter condições de voltar às atividades por fazerem parte do grupo de risco ou por conviverem com pessoas deste grupo, bem como quem opte pelo ensino à distância por não se sentirem seguras para estar em coletividade.

O advogado da escola, Bruno mota lucena, explicou que entrou com o pedido na Justiça com base em todos os estudos feitos pela unidade, seguindo protocolos adotados a nível nacional.

“Entendemos que a escola é o setor que melhor atende a todos os requisitos exigidos, encontrando-se preparada para a retomada com segurança, mas esta é uma decisão específica apenas para esta escola.”, disse o advogado.