4 mortos em 24 horas, ambulância retida e área COVID 19 lotada no Hospital Regional de Patos



Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), do Município de Santa Teresinha, região metropolitana de Patos, foram acionadas no final da manhã desta quarta-feira, dia 10, para atender a um paciente com desconforto respiratório diante da possibilidade de estar acometido pela COVID 19. Em minutos, a equipe estava no local onde o cidadão se encontrava.

Devidamente paramentada, a equipe do SAMU realizou os procedimentos e foi regulada que deslocassem o paciente até o Hospital Regional de Patos, onde está a área destinada aos casos mais graves da COVID 19, porém, ao chegar, foram comunicados que, por falta de vagas, deveriam esperar ou buscar outro local que pudesse receber o paciente. Depois de alguns minutos, a vaga surgiu e a ambulância foi liberada.

Nesta segunda-feira, dia 08, informações deram conta que 4 pacientes foram a óbito enquanto realizavam tratamento contra a COVID 19. As mortes foram dentro de 24 horas. O Brasil bateu novo recorde de mortes em um único dia e mais de 1.954 perderam a vida nesta terça-feira, dia 09.

Um profissional de saúde, que preferiu não se identificar, relatou que a situação exige muito equilíbrio emocional, empatia e força, pois a doença está cada vez mais fatal diante do fortalecimento do vírus da COVID 19, da falta de vacinação em massa e do comportamento displicente da sociedade. “Existem pessoas se reinfectando porque acham que quem pegou não pega mais, outras relaxando os cuidados individuais e coletivos e até mesmo quem negue a própria ciência e a medicina…tem horas que é desesperador”.


Jozivan Antero – Patosonline.com